Vulcão Shinmoedake entra em erupção após 6 anos de dormência no Japão

Watchers.news


Postado com autorização do site Watchers.news

A partir do dia 23 de setembro de 2017, houve um aumento na atividade sísmica do vulcão Shinmoedake no Japão. Dia 10 de outubro ele entrou em erupção e sua fumaça cobriu as cidades mais próximas com uma fina camada de cinzas. A última erupção deste vulcão ocorreu em 7 de setembro de 2011.

O aumento da atividade sísmica foi detectado pela primeira vez em 23 de setembro de 2017. Então, dia 4 de outubro, a JMA (Agência meteorológica do Japão) começou a realizar uma pesquisa de campo e observaram anomalias térmicas. Às 23:55h daquele dia, a JMA aumentou o nível de alerta de 1 para 2, restringindo a entrada de pessoas para áreas perto da cratera.

O vulcão Shinmoedake entrou em erupção pela primeira vez há seis anos, levando a JMA a elevar o nível de alerta vulcânico para 3. Esta é a primeira vez que este vulcão está no Nível de Alerta 3 desde outubro de 2013. Alerta nível 3 significa que os residentes e os turistas não podem se aproximar da montanha a 2 km devido à possibilidade de rochas voadoras e fluxos piroclásticos.

A JMA disse que a fumaça da erupção está subindo cerca de 300 metros acima da cratera e cinzas caíram em três cidades.

Kyodo relatou que algumas pessoas da cidade de Takaharu caminhavam segurando um guarda-chuva, enquanto as cinzas vulcânicas caíam sobre as estradas.

Watchers.news

Reprodução de https://watchers.news/2017/10/11/shinmoedake-volcano-eruption-japan/?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+adorraeli%2FtsEq+%28The+Watchers+-+watching+the+world+evolve+and+transform%29

Seja o primeiro a comentar on "Vulcão Shinmoedake entra em erupção após 6 anos de dormência no Japão"

Deixe um comentário

Seu e-mail não será mostrado. ** Campos obrigatórios