Sistema de defesa antiaérea sírio interceptou 71 de 103 mísseis lançados pela coalizão

Wikimedia Commons - vitaly v. kuzmin CC-BY-SA

Postado com autorização do site br.sputniknews.com – Termos de uso Aqui

Segundo disse neste sábado (14) o Estado-Maior da Rússia, os aeródromos sírios que foram alvos do ataque da coalizão internacional liderada pelos EUA não ficaram afetados. “Segundo as informações disponíveis, foram lançados 103 mísseis de cruzeiro, incluindo Tomahawk de baseamento naval, e bombas de fragmentação guiadas GBU-38 a partir de aviões B-1B. Aviões F-15 e F-16 usaram mísseis ar-terra. Os aviões Tornado da Força Aérea



do Reino Unido lançaram oito mísseis Scalp EG”, afirmou o chefe da Direção-Geral Operacional do Estado-Maior das Forças Armadas russas. Além disso, a entidade informou que os sistemas de defesa antiaérea russos estavam acompanhando os lançamentos de mísseis de cruzeiro contra o território sírio. “Os sistemas de defesa antiaérea russos estiveram acompanhando e controlando todos os lançamentos de mísseis, tanto de portadores

CONTINUE LENDO

Seja o primeiro a comentar on "Sistema de defesa antiaérea sírio interceptou 71 de 103 mísseis lançados pela coalizão"

Deixe um comentário

Seu e-mail não será mostrado. ** Campos obrigatórios