A Silenciosa Conquista Islâmica da Espanha



Originalmente publicado pelo site Instituto Gatestone

A cerimônia realizada em 2003 foi anunciada com manchetes bombásticas: “após uma demora de mais de 500 anos, os muçulmanos espanhóis finalmente conseguiram construir sua própria mesquita à sombra de Alhambra, outrora símbolo do poder islâmico na Europa”. Uma equipe da Al Jazeera foi enviada para fazer a cobertura do evento: um muezim (encarregado que chama os muçulmanos às orações do alto dos minaretes) subiu ao alto do

minarete da Grande Mesquita de Granada para chamar os fiéis para a oração pela primeira vez em cinco séculos. De Osama bin Laden ao autoproclamado califa Abu Bakr Al Baghdadi, todos os líderes da jihad global – incluindo a célula terrorista que matou 17 pessoas em Barcelona – mencionaram a Espanha no contexto dos territórios a serem conquistados pelo Islã. Há, no entanto, outras formas de conquista além da jihad. Há também…

CONTINUE LENDO

Veja também:

Islã já manda na Itália – Se prepare Brasil…

ARTIGO – A lei da imigração é benéfica para o Brasil? Veja o que está acontecendo em Londres…

O Futuro Islâmico da Europa

Seja o primeiro a comentar on "A Silenciosa Conquista Islâmica da Espanha"

Deixe um comentário

Seu e-mail não será mostrado. ** Campos obrigatórios