Presépios de convento têm casal gay e deuses afro, em nome da “diversidade”

Postado com autorização do site Gospel Prime

por Jarbas Aragão – Na exposição de presépios do Convento de Santo Antônio, no Largo da Carioca, Rio de Janeiro, há representações do nascimento de Jesus para todos os gostos. Desde o tradicional, com as figuras de José, Maria e Jesus recém-nascido, até os chamados “inclusivos”. Num deles, prestam a homenagem ao nascimento do Salvador: uma prostituta e um casal homossexual, um portador de HIV, um cadeirante, um casal de idosos



e meninos de rua. A obra do artista plástico paulista Luciano de Almeida, de Lorena já está chamando a atenção do público. Para compor o cenário, há manchetes de jornais que exemplificam a falta de oportunidades e a opressão enfrentadas pelos mais pobres.“O presépio já esteve exposto em São Paulo, por duas vezes, na Alemanha e na Itália. É muito atual, representa vários excluídos da sociedade. Traz uma mensagem que queremos

CONTINUE LENDO

Seja o primeiro a comentar on "Presépios de convento têm casal gay e deuses afro, em nome da “diversidade”"

Deixe um comentário

Seu e-mail não será mostrado. ** Campos obrigatórios