Postura de Francisco colabora para a aceitação de gays nas igrejas brasileiras

Postado com autorização do site Gospel Prime

por Jarbas Aragão – Apesar de a Doutrina da Igreja Católica não permitir que divorciados e homossexuais ativos sexualmente participem da Eucaristia, a postura do Papa Francisco estaria aumentando a aceitação a gays e pessoas divorciadas em algumas igrejas brasileiras. Uma matéria veiculada pelo jornal O Estado de São Paulo relata que a Pastoral da Diversidade Sexual de São Paulo reúne-se há quase dez anos em um trabalho de



“acolhimento”. Formado por cerca de 200 pessoas (gays, lésbicas, transexuais e transgêneros), eles realizam quinzenalmente reuniões e missas, onde todos podem comungar. O frade franciscano José Francisco é um dos líderes que acompanha o grupo. “Rezo uma missa normal, para pessoas normais, que passaram por catequese e fizeram eucaristia. Como qualquer missa, há quem se considere digno e participa da comunhão, e outros que não comungam.

CONTINUE LENDO

Seja o primeiro a comentar on "Postura de Francisco colabora para a aceitação de gays nas igrejas brasileiras"

Deixe um comentário

Seu e-mail não será mostrado. ** Campos obrigatórios