Pastor detido em país muçulmano: “estou pronto para ser preso em nome de Cristo”



Postado com autorização do site GospelPrime.com.br

(por Jarbas Aragão) O pastor Bakhrom Kholmatov foi preso no Tajiquistão, país muçulmanos localizado na Ásia Central. Ele responderá uma falsa acusação de “extremismo e ódio religioso” após ter pregado o evangelho publicamente. Seu advogado chegou a apelar da decisão, mas o pedido foi negado. Kholmatov deverá cumprir pena de três anos. Após ter seu apelo negado, o pastor disse: “Não se preocupem comigo, apenas continuem

orando por mim e pela minha família. Eu sabia que poderia pagar um preço por seguir a Cristo e por meu ministério, e o farei agora. Estou pronto para passar por isso. Estou pronto para ficar na prisão pelo nome de Cristo e cumprir minha sentença”. O governo tadjique impõe uma legislação cada vez mais restritiva em questões de religião. Culturalmente, a nação tem afinidade com Irã e Afeganistão. A pressão sobre os cristãos, principalmente…

CONTINUE LENDO

Seja o primeiro a comentar on "Pastor detido em país muçulmano: “estou pronto para ser preso em nome de Cristo”"

Deixe um comentário

Seu e-mail não será mostrado. ** Campos obrigatórios