Palestinos queimam foto de Trump e falam em morrer lutando



Postado com autorização do site Gospel Prime

por Jarbas Aragão – Grande parte da mídia ocidental não tem retratado o reconhecimento de Jerusalém como capital de Israel e a mudança da embaixada de maneira transparente. Enquanto muito do foco recai sobre o presidente Donald Trump, essa é uma questão com várias ramificações políticas, religiosas e – para os que creem na Bíblia – proféticas.Esta quarta-feira (6) pode entrar para a história após o anúncio oficial da Casa Branca.

Porém, não é uma decisão pessoal do presidente. Em 1995, foi aprovada pelo Congresso dos Estados Unidos o reconhecimento da condição de capital e determinada a relocação da embaixada para Jerusalém. Mas um dispositivo legal permitia que, de seis em seis meses, ela fosse prorrogada. Essa brecha foi usada por Bill Clinton, George Bush Jr. e Barack Obama, que sempre postergavam a decisão, alegando questões de segurança…

CONTINUE LENDO

Veja também:

35-ARTIGO – JERUSALÉM, UMA PEDRA PESADA PARA TODAS AS NAÇÕES

33-ARTIGO – A terra de Israel pertence aos Israelitas

Seja o primeiro a comentar on "Palestinos queimam foto de Trump e falam em morrer lutando"

Deixe um comentário

Seu e-mail não será mostrado. ** Campos obrigatórios