Opaq confirma resultados do Reino Unido sobre gás usado em ataque químico

Postado com autorização do site Agência Brasil

A Organização para a Proibição de Armas Químicas (Opaq), anunciou esta quinta-feira (12) os resultados da sua investigação sobre o suposto ataque químico ocorrido em 4 de março contra um ex-agente de inteligência da Rússia e a filha dele na cidade britânica de Salisbury, no Reino Unido. Um agente da polícia britânica, que socorreu os dois, também foi contaminado. Segundo a entidade, o tipo de produto usado no ataque foi um gás



neurotóxico chamado novichok, como já havia sido informado no mês passado pelo governo britânico. A informação é da ONU News. A Opaq informou que, a pedido do Reino Unido, o relatório final vai ser partilhado com todos os Estados-membros da Convenção sobre Armas Químicas. Um resumo do caso também será divulgado ao público. Organização autônoma com sede em Haia, nos Países Baixos, a Opaq informou que “trabalha de

CONTINUE LENDO

Seja o primeiro a comentar on "Opaq confirma resultados do Reino Unido sobre gás usado em ataque químico"

Deixe um comentário

Seu e-mail não será mostrado. ** Campos obrigatórios