Mais seis cristãos são mortos no Nordeste do Quênia

O ataque deliberado visava forçar a saída de todos os cristãos de uma região de maioria muçulmana; uma granada foi lançada em um bloco residencial, à noite, enquanto todos dormiam. Recentemente, o grupo extremista Al-Shabaab reivindicou a morte de seis cristãos na cidade de Mandera, no Nordeste do Quênia. O ataque deliberado visava forçar a saída de todos os cristãos daquela região de maioria muçulmana.

Uma granada foi lançada em um bloco residencial, à noite, enquanto todos dormiam. Só esse ano, houve uma série de ataques mortais semelhantes. Uma vila costeira também foi atacada no mês de março, deixando quatro mortos e vários feridos. No ano passado, o grupo matou mais de cem estudantes da Universidade de Garissa, incidente que ainda causa dor e indignação nos quenianos de todo o país.



CONTINUE LENDO

Seja o primeiro a comentar on "Mais seis cristãos são mortos no Nordeste do Quênia"

Deixe um comentário

Seu e-mail não será mostrado. ** Campos obrigatórios