Mais de 550 mil crianças na Líbia precisam de assistência humanitária



Violência em várias partes do país levou mais de 80 mil menores a ter que sair de suas casas para outras áreas sob risco de abuso, exploração incluindo em centros de detenção. A grave situação das crianças na Líbia é o motivo de um alerta feito, nesta quinta-feira, pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef. Seis anos após o início da crise no país árabe, mais de 550 mil crianças precisam de assistência humanitária em meio a crise

de deslocamentos e fracasso econômico vivido pela Líbia. Poliomielite: Violentos combates em várias partes do país forçaram mais de 80 mil crianças a abandonarem suas casas em busca de abrigo em outras partes. Muitas delas estão expostas a abusos e outras violações que ocorrem também em centros de detenções. Em comunicado, o Unicef afirma que está tentando expandir a ajuda com mais de 1,3 milhão de crianças vacinadas contra a…

CONTINUE LENDO

Seja o primeiro a comentar on "Mais de 550 mil crianças na Líbia precisam de assistência humanitária"

Deixe um comentário

Seu e-mail não será mostrado. ** Campos obrigatórios