Cristãos são presos por realizar “reunião religiosa ilegal”



Há cerca de um mês, um dos colaboradores da Portas Abertas informou sobre o andamento de um processo criminal contra 11 cristãos, que foram presos por realizar “reunião religiosa ilegal”. O casamento que eles realizavam foi interrompido e cada um foi condenado a pagar uma multa de alto valor. Outros três cristãos também pagaram multa por possuir literatura cristã, na mesma ocasião. No mês de abril, durante um encontro secreto entre

cristãos, quatro líderes foram presos por 15 dias, também acusados de realizar “reunião ilegal”. Suas esposas também foram multadas com valores altíssimos. A cada dia que passa, casos como esses na Ásia Central, têm se tornado comuns para a comunidade cristã. Mas a pressão não vem só das autoridades, vem também da sociedade e até mesmo de parentes muçulmanos que os recriminam por terem abandonado o islã. Nossos irmãos que…

CONTINUE LENDO

Seja o primeiro a comentar on "Cristãos são presos por realizar “reunião religiosa ilegal”"

Deixe um comentário

Seu e-mail não será mostrado. ** Campos obrigatórios