Ciberataque poderia ativar botão nuclear

Pixabay CC0

Postado com autorização do site Sputnik News – Termos de uso Aqui

Existe uma série de vulnerabilidades e vias através das quais um ator mal-intencionado poderia se infiltrar no sistema de armas nucleares sem o conhecimento do Estado, assegura o recente relatório publicado pelo Instituto Real de Assuntos Internacionais do Reino Unido. Especialistas advertem que no momento da criação de armas nucleares de destruição em massa, as capacidades informáticas se encontravam, todavia, no início de seu



desenvolvimento e não causaram preocupações. O mundo digital avançou, mas muitos seguem com uma estratégia antiquada na hora de usar as tecnologias nos sistemas de controle, gestão e comunicação do arsenal nuclear, assinala a pesquisa. Dessa maneira, os hackers poderiam ter acesso ao sistema de segurança que impede erros humanos, falhas, vulnerabilidade de design e manipular os dados causando uma incerteza no momento

CONTINUE LENDO

Seja o primeiro a comentar on "Ciberataque poderia ativar botão nuclear"

Deixe um comentário

Seu e-mail não será mostrado. ** Campos obrigatórios