A ideia de crianças criadas “sem gênero” é exaltada pela mídia



Postado com autorização do site Gospel Prime

por Jarbas Aragão – O assunto já é debatido há anos em países do hemisfério Norte, em especial da Europa. A defesa de uma linguagem neutra e inclusiva para se referir a todos na sociedade é quase epidêmica. Conforme reportou recentemente a rede CNN, há um forte movimento na Suécia para se usar nas escolas o pronome neutro “hen” para todos os alunos, independentemente do seu sexo.Trata-se de um novo pronome, que seria um

meio-termo entre “han” (ele) e “hon” (ela). Ele é utilizado para fazer referência a uma pessoa sem revelar seu gênero, seja porque é desconhecido, porque a pessoa é transgênero ou porque quem fala ou escreve considera supérfluo referir-se ao gênero.Mês passado, a Alemanha começou a trabalhar com a opção de que seja reconhecida na certidão de nascimento um “terceiro sexo”. Isso permitiria que os pais possam registrar que seu filho…

CONTINUE LENDO

Veja também:

Personagens LGBT atingem níveis recorde de representação na TV dos EUA

Seja o primeiro a comentar on "A ideia de crianças criadas “sem gênero” é exaltada pela mídia"

Deixe um comentário

Seu e-mail não será mostrado. ** Campos obrigatórios